sexta-feira, 7 de setembro de 2012

POR DENTRO DE UMA OBRA - Marcus Cláudio


MARCUS CLÁUDIO - Retrato de Alzira Heráclito Borges de Araújo
Óleo sobre tela

Muito mais que representar na tela a imagem de uma pessoa, um retrato é a possibilidade de eternizar alguém. Existem equipamentos muito avançados para a captação de uma imagem, mas quando um artista se propõe a fazer um retrato que capte com propriedade todos os aspectos do retratado, o resultado é algo que nenhum equipamento fotográfico possa ainda transmitir. Não me deixam mentir as excelentes representações desse tema feitas diversas vezes por John Singer Sargent, Velásquez, Philip de Laszlo, Gustav Klimt e também não se esquecer das imagens expressivas de Lucien Freud, cujos modelos, se não tem o aspecto realístico na íntegra, transmitem toda sua personalidade.


A mineira Alzira Heráclito Borges de Araújo faleceu em 2011, já aos 89 anos de idade, mas foi imortalizada nessa obra executada por Marcus Cláudio, um dos mais respeitados retratistas do cenário brasileiro. É a imagem de uma senhora com já avançada idade e alguns problemas de saúde, mas que emana uma serenidade e paz que só a experiência de longos anos consegue acumular. Méritos do artista, que consegue ver além da anatomia humana, o que existe de mais especial no ser que lhe serviu como modelo.



O quadro foi uma encomenda feita pelo neto, William Araújo Jacques, e iniciada antes de seu falecimento, mas infelizmente concluída depois. Há no repouso de seu olhar e no leve sorriso, a melhor imagem que gostaria que acompanhasse a todos os parentes para sempre. A imagem não substitui sua presença, mas ameniza sua ausência.

6 comentários:

  1. Suas palavras, com um toque de sabedoria faz jus tanto a obra, quanto a imagem querida de uma senhora, que passa uma imagem de mãe, imortal, com um sorriso que traz paz... bela matéria! felicidades, meu amigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Agradecimentos, Vidal. Um ótimo fim de semana eu lhe desejo!

      Excluir


  2. Como sempre você demonstra uma extrema sensibilidade nos seus artigos. E essa matéria não poderia destoar do seu habitual nível de excelência. Ficou simplesmente fantástico.

    Um grande abraço, William

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. William, eu que agradeço a oportunidade de socializar conosco um trabalho com tão bom nível e também conhecer um pouco mais de sua família, que acaba tendo um pouco das raízes por aqui em Minas.
      Grande abraço!

      Excluir
  3. Parabéns pela matéria José Rosário. Muito expressivo o retrato feito pelo Marcus cláudio, uma técnica primorosa aliada a uma grande sensibilidade artística.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ari, o William tem comentando bastante sobre trabalho também. Passei pelas suas páginas e está de parabéns.
      Grande abraço e obrigado por passar aqui!

      Excluir