domingo, 22 de maio de 2016

FREDERICK JUDD WAUGH

FREDERICK JUDD WAUGH - Marinha - Óleo sobre tela - 25 x 30 pol

FREDERICK JUDD WAUGH - Cena costeira - Óleo sobre tela - 36,8 x 47 - 1906

Frederick Judd Waugh começou na vida artística da maneira mais desejada por todo artista iniciante: tendo aulas com outros respeitados artistas. Ele estudou inicialmente na Academia de Belas Artes da Pensilvânia com Thomas Eakins e Jerome Ferris, e posteriormente estudou com William Bouguereau e Robert Fleury, na Académie Julian, em Paris. Um aprendizado eficiente conduz invariavelmente para uma carreira notável. O que realmente aconteceu com ele.

FREDERICK JUDD WAUGH - Família descansando sob uma árvore
Óleo sobre tela - 46,3 x 55,2 - 1889

FREDERICK JUDD WAUGH - Por de sol - Óleo sobre tela - 62,2 x 127

Frederick Judd Waugh nasceu em Bordentown, New Jersey, a 13 de setembro de 1861. Ele era filho do retratista Samuel Waugh e da pintora de miniaturas Mary Elizabeth Young Waugh. O ambiente familiar conspirou para que ele logo se interessasse pelas artes. Curioso, desde cedo se interessava por assuntos diversos, desde plantas e animais a construções navais, tanto que essa última lhe acompanhou também como profissão.

                                
Esquerda: FREDERICK JUDD WAUGH - Moça num jardim - Óleo sobre tela - 36,5 x 24 - 1882
Direita: FREDERICK JUDD WAUGH - Paisagem pastoral - Óleo sobre tela - 35,75 x 24 pol - 1883
Abaixo: FREDERICK JUDD WAUGH - Jogadoras de xadrez - Óleo sobre tela - 1891


Durante a Primeira Guerra Mundial, ele realizou projetos para a Marinha dos Estados Unidos, sob a direção de Everett L. Warner. Embora dividisse a carreira artística com uma outra profissão, mesmo que por breves períodos, ele se deu muito bem nas duas. Até pelo envolvimento com a profissão de projetista naval, acabou se empenhando muito mais em pintar marinhas, principalmente nos últimos anos de sua vida. A atração pelo mar nasceu logo na primeira travessia que fez sobre o Atlântico, quando viajou para a Europa.

FREDERICK JUDD WAUGH - Costa do Maine - Óleo sobre painel - 60,9 x 91,9

FREDERICK JUDD WAUGH - Noite em Pearl - Óleo sobre tela - 78,7 x 106,6 - 1906

Mesmo que tivesse interesse em outras temáticas, Waugh acabou estabelecendo sua reputação como pintor de marinhas. São famosos os seus trabalhos com cenas litorâneas da Nova Inglaterra, especialmente aqueles com arrebentações e extensas praias. Acredita-se que tenha pintado mais de 2500 marinhas, em toda sua carreira.

FREDERICK JUDD WAUGH - Tarde de sol - Óleo sobre tela - 24 x 36 pol - Cerca de 1930

FREDERICK JUDD WAUGH - Uma brisa suave - Óleo sobre tela - 76,2 x 101,6

A carreira de ilustrador também fez parte de sua vida profissional. Fazia participações em revistas e publicações, o que de uma certa forma acabou despertando o interesse por estilos e temas não tão tradicionais para sua época, como o Simbolismo. Antes de adquirir reputação e reconhecimento nos Estados Unidos, Waugh fez várias participações no Salão de Paris. Ser selecionado para expor em Paris era como a admissão para um seleto mundo de artistas consagrados.

FREDERICK JUDD WAUGH - Menina pastora - Óleo sobre tela - 61 x 91,4 - 1885

FREDERICK JUDD WAUGH - Run row - Óleo sobre tela - 81,2 x 73,6 - 1922

Em 1908, Waugh retornou para os Estados e se estabeleceu em Montclair Heights, em Nova Jersey. Ele não tinha um estúdio próprio assim que chegou, mas conseguiu um espaço com o colecionador William T. Evans, que lhe cobrava uma nova obra a cada ano, como pagamento da hospedagem. O artista foi amadurecendo sua técnica e usava regularmente a espátula, para conseguir efeitos mais volumosos em sua pintura. A marinha tornou-se tema marcante à partir dali.

FREDERICK JUDD WAUGH - Simpatia - Óleo sobre tela - 114,3 x 147,3 - 1889

FREDERICK JUDD WAUGH - Sombras da tarde - Óleo sobre tela - 134,6 x 180,3 - 1885

Waugh era agora um artista disputado por colecionadores, que dividia também seu tempo com novos projetos navais. A paixão pelo mar era tanta, que construiu o seu estúdio em Massachusetts, com madeiras de navios velhos. Ele ia regularmente para o litoral, fazia seus apontamentos ao vivo e depois executava trabalhos em maiores dimensões e mais elaborados em seu estúdio.

Frederick Judd Waugh faleceu em Provincetown, Massachusetts, no dia 10 de setembro de 1940.