quarta-feira, 24 de setembro de 2014

UM ENCONTRO EM BAIXA VERDE

JOSÉ ROSÁRIO - Pracinha em Baixa Verde - Óleo sobre tela - 60 x 130 - 2006

Baixa Verde é um distrito do município de Dionísio, localizado a cerca de 18 km da sede. Um povoado pequeno, com não mais de 3 mil habitantes, que tem, como todas as localidades do Brasil, jovens e crianças em plena formação. A convite do Prof. Onier, morador daquela localidade, estive por lá nessa quarta-feira, dia 24 de setembro, para levar até eles um pouco daquilo que venho somando pelo caminho. Os alunos tiveram também a oportunidade de exibir alguns objetos de artesanato que já realizam nas aulas de Educação Artística e fizeram também a apresentação de números musicais. Oxalá se inicie uma parceria com a Escola Estadual Jacy Francisca Garcia, para formar um grupo de iniciantes em desenho e pintura por lá.


É um processo lento, mas que já se impulsiona com o que há de melhor nessa fase de qualquer iniciativa: a curiosidade. Esse primeiro contato visava exatamente isso, despertar neles o interesse pelas artes, num local onde raramente terão acesso a isso. Quantos dons e habilidades não são reprimidos nesses distantes locais de todo esse país?!

Fico na torcida para que a ideia dê bons frutos!






4 comentários:

  1. Já estou na torcida também José!!!! Passei e ainda passo por esse mesmo problema de uma cidade pequena distante de quase tudo e quase reprimi dentro de mim a arte, mas hoje ela está viva, mas viva do que nunca... Abraço Amigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, amigo, você já comentou uma vez sobre isso comigo.
      Fico vendo como é possível ajudar um pouco a mudar aquilo que sempre protestamos. Cruzar os braços e ver as coisas piorando não vai adiantar nunca. Basta começar e o caminho se faz.
      Um grande abraço, Yure. Muita paz aí!

      Excluir
  2. Eu também meu amigo, estou na torcida... a alegria contemplada, é a alegria compartilhada, bela iniciativa!
    Abração meu amigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Vidal. A estrada é longa, mas prazerosa.
      Um grande abraço, amigo!

      Excluir