domingo, 14 de junho de 2015

SERRA DAS LARANJEIRAS, DIONÍSIO

JOSÉ ROSÁRIO - Outono na Serra das Laranjeiras - Óleo sobre tela - 60 x 80 - 2015

JOSÉ ROSÁRIO - Serra das Laranjeiras
Óleo sobre tela - 60 x 80 - 2007
Uma tela mais antiga, capturada do mesmo local.
Interessante ver como a natureza se modifica.

A Serra das Laranjeiras é um local que considero especial em Dionísio. Sempre que posso, tiro um tempo para ir lá, seja para fazer algum esboço, fotografar ou simplesmente passear pelo lugar. É a região mais montanhosa do município e isso faz de lá um local incrivelmente especial. No outono, quando a vegetação está mais rasteira e as cores mais terrosas, o local ganha uma ambientação ainda mais diferente. Gosto da variedade proporcionada pelas muitas pedras e pelas quedas infindáveis dos vários cursos d’água que nascem na cabeceira da serra. Fico horas observando as trilhas do gado esculpidas nas encostas e tudo sempre me pareceu um tema perfeito para pintar.

JOSÉ ROSÁRIO - Uma clareira - Óleo sobre tela - 50 x 40 - 2009

JOSÉ ROSÁRIO - Um trecho do Mumbaça - Óleo sobre tela - 22 x 35 - 2010

JOSÉ ROSÁRIO - Corredeiras do Mumbaça - Óleo sobre tela - 60 x 120 - 2014

Nessa matéria, apresento alguns trechos do local, pintados por mim em diferentes épocas, e também pintados por outros artistas que por aqui vieram. São cenas ribeirinhas, que comprovam uma pequena parte dos infindáveis bons locais possíveis de se encontrar por lá.
Também já passaram por lá Vinícius Silva e Juliana Limeira, numa visita que fizeram aqui em 2012. Cláudio Vinícius pintou o mesmo local que fiz recentemente, num ângulo diferenciado. Em outra rápida visita, também estiveram por lá José Ricardo e Rogério Ramos, e mais recente, Isaque Alves. Abaixo, alguns trabalhos da Serra das Laranjeiras, pintados por outros artistas:

CLÁUDIO VINÍCIUS - Ribeirão na Serra das Laranjeiras, Dionísio - Óleo sobre tela - 50 x 70

VINÍCIUS SILVA - Ribeirão na Serra das Laranjeiras - Óleo sobre tela - 60 x 90 - 2012

5 comentários:

  1. Todos os quadros excelentes.
    O local é bastante propício e com seu talento, se tornou mágico.
    Parabéns!
    S. Quimas

    ResponderExcluir
  2. O artista não cria nada, apenas reproduz aquilo que o Criador fez... cada um do seu modo, e é isso que difere cada um... todos oa trabalhos apresentados estão divinos... Grande abraço

    ResponderExcluir
  3. Amigos, Quimas e Yure, o local é mesmo muito belo e inspirador, sempre.
    Grande abraço e grato pelas vindas!

    ResponderExcluir
  4. Belíssimos trabalhos..... que local maravilhoso!
    Minas...... ( sem palavras)
    Abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minas tem seus encantos. Acho que todos os cantinhos de montanhas do estado escondem suas graças.
      Grande abraço, Vidal!

      Excluir