quinta-feira, 3 de setembro de 2015

CÂNDIDO OLIVEIRA

CÂNDIDO OLIVEIRA - Canto de rua em Ouro Preto - Óleo sobre tela - 60 x 80

CÂNDIDO OLIVEIRA - Vilarejo - Óleo sobre tela - 60 x 80

Durante cerca de três anos, participei de um leilão virtual que acontecia em um canal aberto de TV. Foi um período importante, que permitiu não só a divulgação de meu trabalho a nível nacional, mas, principalmente conhecer novos artistas e seus trabalhos. Alguns, tive o privilégio de conhecer pessoalmente, outros, vi apenas suas obras. Logo de início, chamou-me a atenção o trabalho de Cândido Oliveira. Não só pela habilidade técnica que empregava em suas obras, mas também pela sua versatilidade e bom gosto na escolha de seus temas.

CÂNDIDO OLIVEIRA - Sertão - Óleo sobre tela - 60 x 80

CÂNDIDO OLIVEIRA - Paisagem rural - Óleo sobre tela - 60 x 80

Infelizmente, não tive o prazer de conhecer pessoalmente o artista, e o término do programa acenava que também não teria mais contato com suas obras. Até que o encontrei novamente numa rede social e trocamos algumas informações, para que pudesse compor essa matéria.

CÂNDIDO OLIVEIRA - Paisagem com rio - Óleo sobre tela - 60 x 80

CÂNDIDO OLIVEIRA - Horto florestal, São Paulo - Óleo sobre tela - 60 x 80

Edmilson Cândido Oliveira, mais conhecido artisticamente como Cândido Oliveira é um artista discreto, sabedor da importância do resultado de sua obra e admirado tanto no meio artístico, como por leigos entusiasmados pela arte. Seu trabalho é de uma leitura fácil, academicamente realista e executado com muito cuidado. Há o capricho na escolha correta dos tons, na boa forma do desenho e principalmente no excelente conjunto que o trabalho transmite visualmente.

CÂNDIDO OLIVEIRA - Praia dos Carneiros - Óleo sobre tela - 54 x 80

CÂNDIDO OLIVEIRA - Rio de Janeiro - Óleo sobre tela - 70 x 100

Cândido Oliveira nasceu na cidade pernambucana de Pesqueira, a 23 de julho de 1961. Gostava de arte desde cedo, mas o interesse aumentou mesmo quando ele mudou para cidade de Guarulhos, em São Paulo, no ano de 1975, onde começou a visitar sistematicamente museus e galerias e a conhecer os trabalhos de vários artistas. Essa espécie de aprendizagem autodidata durou um bom tempo, praticamente até 1992, quando ainda conciliava o emprego e os poucos horários para suas pesquisas. Nesse mesmo ano, começaria um curso com Gilberto Geraldo, e com ele ficaria por mais três anos.

CÂNDIDO OLIVEIRA - Chapada diamantina - Óleo sobre tela - 70 x 100

CÂNDIDO OLIVEIRA - Nascente - Óleo sobre tela - 50 x 70

O curso trouxe método e disciplina para um artista que já tinha o olhar aguçado para aquilo que o cercava. O resultado veio rápido, permitindo que ali logo formasse um artista de referências clássicas, que passeia facilmente por todos os temas da pintura. Pinta paisagens rurais e urbanas, com a mesma desenvoltura que realiza retratos e naturezas-mortas. Essa diversidade temática não se restringe somente ao Brasil. O artista também realiza obras inspiradas em cenas de vários locais do mundo. Para ele, essa é a sua maneira de poder viajar e conhecer o mundo.

CÂNDIDO OLIVEIRA - Favela - Óleo sobre tela - 50 x 70

CÂNDIDO OLIVEIRA - Paraty - Óleo sobre tela - 60 x 80

Morando em Guarulhos até hoje; onde localiza seu ateliê; o artista produz basicamente para os espaços culturais e galerias da região metropolitana de São Paulo. Acredita no contínuo aperfeiçoamento de seu trabalho e não abre mãos de conciliar a produção de suas obras com as aulas que ministra semanalmente.


CÂNDIDO OLIVEIRA - Paisagem com estrada e figura - Óleo sobre tela - 60 x 80

CÂNDIDO OLIVEIRA - Paisagem com figura - Óleo sobre tela - 60 x 80

Os trabalhos que ilustram essa matéria são cenas brasileiras, mas, uma diversidade temática bem grande, pode ser visualizada no link logo abaixo:



10 comentários:

  1. CÂNDIDO OLIVEIRA... É SIMPLESMENTE DEMAIS...
    ABRAÇOS.... FELICIDADES...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, meu amigo Vidal. Belos trabalhos.
      Grande abraço, amigo!

      Excluir
  2. Muito bom! Parabéns pela pesquisa e empenho que tem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Rafael.
      É bom aprender divertindo e melhor ainda, dividir um pouco disso.
      Um grande abraço!

      Excluir
  3. Respostas
    1. Obrigado, amigo. Pela vinda e por comentar.
      Grande abraço!

      Excluir
  4. Oi JR, parabéns pela matéria. Como sempre, muito informativas e trazendo algo de novo pra gente. Gostaria de sugerir dois motivos de matéria: Os salões de arte no Brasil, os mais concorridos, os melhores pra iniciantes, os mais tradicionais, enfim, informações que você, com sua experiência, vai saber destilar para nós. Uma segunda matéria seria sobre a técnica "óleo com espátula". Perfil dos grandes expoentes dessa técnica, as diferenças entre um e outro, tintas (marcas) mais indicadas - já acho que tô entrando na seara dos "cursos", que não é o seu caso..rsrs. De qualquer forma, veiculando ou não estes temas, mais uma vez parabéns pela dedicação e projeto de pesquisa. Ah, não esquecendo também de parabenizá-lo pelas suas fantásticas obras. Grande abraço de um admirador baiano e iniciante na área.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Meu amigo, muito grato pelas sugestões. Confesso que a primeira delas já faz parte de minha lista, só não concluí ainda pela abrangência do assunto. Vou me preparar para a segunda dica também.
      Grande abraço, obrigado por vir e participar.

      Excluir
  5. Parabéns pela homenagem, belas obras.

    ResponderExcluir