sábado, 13 de outubro de 2012

TIM COX


TIM COX - Trilha do por do sol - Óleo sobre tela

TIM COX - Matando a sede - Óleo sobre tela

A clássica representação do cowboy americano em sua vida diária está ligada diretamente a toda produção de Tim Cox. O contato do vaqueiro americano com seu ambiente e sua lida, nos remete há algumas várias décadas, quando tudo começou. Muitos artesões europeus, desempregados com a industrialização do início do século XIX, acabaram migrando para os Estados Unidos. Vinham principalmente da Alemanha, Irlanda e Inglaterra, e provocaram um verdadeiro boom demográfico nas terras americanas, incentivando à conquista do oeste americano, terras ainda não muito exploradas pelos colonizadores. Inicialmente iam à procura de terras para cultivo, mas acabaram conquistando a região, com mais veemência, graças à descoberta de ouro na Califórnia, em 1848. Desde 1829, a construção de ferrovias já se fazia presente, de modo que em 1890, uma linha férrea já fazia a ligação da costa atlântica à costa pacífica. Nesse ambiente, o vaqueiro teve uma importância considerável. E sem esquecer dessa memória, Tim Cox desenvolve quase toda sua produção em cima dessa temática, que é um símbolo do meio-oeste americano.

TIM COX - Empinando - Óleo sobre tela

TIM COX - Domando - Óleo sobre tela

TIM COX - Melhor do que ouro - Óleo sobre tela

Tim Cox pinta o que vê, mas principalmente o que seu aprendizado lhe apreendeu disso. A rotina de seus muitos cowboys nos relatam um dia de trabalho duro, animais em seu descanso merecido, paisagens abertas e cenas monumentais, com céus nebulosos e desafiadores. Em sua obra é possível perceber um corte inusitado, com movimentos muito bem equilibrados e um colorido que intensifica, ainda mais, tudo que foi dito acima.

TIM COX - O caminho menos percorrido - Óleo sobre tela

TIM COX - Coração e início - Óleo sobre tela

Nascido no estado do Arizona, em 1957, trabalha com sua temática preferida há cerca de 36 anos. Consome praticamente todo seu tempo com a pintura, mas não abre mão de passeios em diferentes fazendas de várias regiões, de onde busca toda a inspiração de suas obras.

TIM COX - Colhendo maçãs verdes - Óleo sobre tela

TIM COX - Cruzando o riacho - Óleo sobre tela

TIM COX - Os últimos raios do dia - Óleo sobre tela

É um artista altamente perfeccionista, que explora muito bem as cambiações exatas de cor, valor, perspectiva e desenho, compondo com muita propriedade a temática a que se sugeriu. Diria que é um verdadeiro representante do melhor estilo cowboy de se viver. Graças a isso, não é de se estranhar que seja um dos artistas americanos mais premiados e condecorados de sua geração.

TIM COX - Descansando da trilha - Óleo sobre tela

TIM COX - Uma trégua na chuva
Óleo sobre tela

As obras de Tim Cox já se tornaram capa de mais de 300 revistas, além de uma infinidade de outras publicações, posters, documentários... Resultado de noites intermináveis, debruçadas sobre a produção de suas obras, nesta que é sua hora preferida para pintar. Um artista que descobriu cedo o seu caminho e não se desvencilhou dele, nunca. A nova conquista do oeste americano passa seguramente pelas suas mãos.

TIM COX - Na sombra - Óleo sobre tela

TIM COX - O rebanho - Óleo sobre tela

PARA SABER MAIS:

3 comentários:

  1. A riqueza do trabalho de Tim é inexplicável, suas cenas campestres, seus belos cavalos, rios que correm sendo tocado pelas pedras e folhas.
    Bom final de semana meu amigo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acrescentaria um adjetivo, Vidal: Impecável!

      Excluir
  2. Sou fã!!! indiscutivelmente belo trabalho!

    ResponderExcluir