terça-feira, 17 de abril de 2012

JANHENDRIK DOLSMA


JANHENDRIK DOLSMA - Eiland - Óleo sobre painel - 75 x 100 - 2009

JANHENDRIK DOLSMA - Stroming - Óleo sobre painel - 75 x 100 - 2011

Quando se sentir meio “sem horizontes”, tire um tempo para apreciar os trabalhos de Janhendrik Dolsma, e verás quanto é verdadeira a expressão: “o céu é o limite!” Sob a vastidão de céus a perderem de vista, é possível que você se perceba na correta posição da nossa diminuta condição humana, e todos os problemas se diluam na linha do horizonte que habitam suas composições.


JANHENDRIK DOLSMA - Branding in laat licht - Oleo sobre painel - 15 x 70 - 2009

JANHENDRIK DOLSMA - Strand met Basaltblokken
Óleo sobre painel - 80 x 60 - 2010

JANHENDRIK DOLSMA - Breed Strand 2 - Óleo sobre painel - 35 x 100 - 2011

Revisitando uma tradição holandesa que é basicamente genética, Janhendrik vem nos lembrar porque os holandeses estiverem entre os maiores marinheiros do mundo, no século XVII. Para um povo que sempre teve fascínio pelo mar, representa-lo em imagens sempre foi algo que se tornou muito popular entre os artistas de lá.


JANHENDRIK DOLSMA - Jacobsladder
Óleo sobre painel - 75 x 100 - 2009

JANHENDRIK DOLSMA - Wad Met Jacobsladder 3 - Óleo sobre painel - 50 x 50 - 2010

JANHENDRIH DOLSMA - Kalme Zee 2
Óleo sobre painel - 70 x 100 - 2009

Diferentemente de seus antigos compatriotas artistas, que tinham o hábito de retratar o mar com toda a sua fúria e turbulência, Janhendrik evoca uma serenidade realçada pelo convite que nos faz, a viajar por um mar de calmaria e paz. Ficam longe de suas composições, a ameaça da vastidão desconhecida e a insegurança das rotas à deriva. Há toda uma quietude e a sensação que o mundo só se torna próximo quando apenas abrimos um espaço para isso.


JANHENDRIK DOLSMA - Branding met Avondwolken
Óleo sobre painel - 50 x 75 - 2011

JANHENDRIK DOLSMA - Wisselvallig Weer
Óleo sobre painel - 90 x 120 - 2009

Nascido em 1950, continua trilhando uma carreira bem sedimentada em cima de uma temática que lhe tornou rótulo. E fazendo poesia com cores...



PARA SABER MAIS:

4 comentários:

  1. O que dizer diante de tamanha beleza?
    Não há o que dizer. Apenas suspirar a cada tela vista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Primeira reação minha, Márcio.
      Grande abraço!

      Excluir
  2. Trabalhos maravilhosos!impressionante! mais uma vez... como sempre, parabéns meu amigo, felicidades!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Vidal, muito impressionantes.
      A internet tem esse dom de encurtar fronteiras e nos permitir estar em outros mundos.
      Grande abraço!

      Excluir