sábado, 16 de outubro de 2010

UM CÃO: UM AMIGO

A MENINA E O CÃO
Óleo sobre tela, 50 x 70 - 2005
Acervo particular - Curitiba, PR

Há cerca de três anos, criamos uma cadela encontrada por minha irmã, numa estrada aos arredores da cidade. Foi batizada de "Nina". Não tem pedigree, mas, desde sempre foi tratada como se tivesse.
Ter um cão em casa é como ter uma escola de graça. São tantas as lições e comportamentos ensinados por eles, que, ficamos perguntando de onde vem tanta sabedoria.
Por esses dias, recebi um texto por e-mail, que tem muito a ver com toda essa percepção que passei a adquirir, desde o convívio com a Nina. É de um autor desconhecido, alguém que como eu e muitos de nós, temos até vergonha de não ter percebido isso há tanto tempo.
Vou compartilha-lo com vocês, juntamente com algumas cenas com cães, pintadas por mim durante vários anos.
Se um Cachorro fosse seu Professor
Voce teria muitas coisas para aprender...
Quando alguém que você ama chega em casa, corra ao seu encontro.
Nunca perca uma oportunidade de ir passear...
Permita-se experimentar o ar fresco do vento no seu rosto.
Mostre aos outros que estão invadindo o seu território.
Tire uma sonequinha no meio do dia e espreguice antes de levantar.
Corra, pule e brinque todos os dias.
Tente se dar bem com o próximo e deixe as pessoas te tocarem.
Não morda quando um simples rosnado resolve a situação.
Em dias quentes, pare e role na grama, beba bastante líquidos
e deite debaixo da sombra de uma árvore.
Quando você estiver feliz, dance e balance todo o seu corpo.
Não importa quantas vezes o outro te magoa, não se sinta culpado...
volte e faça as pazes novamente.
Aproveite o prazer de uma longa caminhada.
Se alimente com gosto e entusiasmo.
Coma só o suficiente.
Seja leal.
Nunca pretenda ser o que você não é.
E o MAIS importante de tudo...
Quando alguém estiver nervoso ou triste, fique em silêncio,
fique por perto e mostre que você está ali para confortar.
A amizade verdadeira não aceita imitações!!!
DESCENDO A SERRA DO LUAR
Óleo sobre tela, 60 x 90 - 2004
Acervo particular - Curitiba, PR
VELHOS AMIGOS
Óleo sobre tela, 30 x 40 - 2005
Acervo particular - Coronel Fabriciano , MG
PREGANDO FERRADURA
Óleo sobre tela, 50 x 80 - 2008
Acervo de Rodrigo R M - São José do Goiabal, MG
NA LIDA
Óleo sobre tela, 50 x 70 - 2006
Acervo particular - Curitiba, PR


Para conhecer melhor o seu cão e
poder  trata-lo melhor, indico:
www.adestracao1.blogspot.com

Nina comigo no ateliê em Dionísio


7 comentários:

  1. Fernando januário7 de junho de 2011 22:26

    Uma arte única e seus encantos são naturais,um valor de grandeza humilde e seus eternos movimentos, traz a suposta criação de eterno esplendor...

    ResponderExcluir
  2. Fernando, boa a sua visita e a sua visão de tudo que o nosso externo às vezes não nos mostra. Abraço!

    ResponderExcluir
  3. sou completamente apaixonada com AS OBRAS DE ARTE DE JOSÉ ROSÁRIO,simplesmente fascinante,ele consegue passar atravéz de suas pinceladas toda sensibilidade de sua alma,o encanto ,o que ha de mais belo ,sincero,real,ver seus quadros é como escultar uma melodia,nossa viajar pelos encantos das cores,formas,dá um sentido melhor para a vida,DEUS,caprichou,josé rosário,voçe é uma obra de Arte de deus,para ser o que é.

    ResponderExcluir
  4. Agradeço as palavras de incentivo, mesmo não tendo se identificado.

    ResponderExcluir
  5. Olá, José!
    Texto perfeito (cachorro "professor").
    E conforme eu te falei em contato anterior também tenho a minha cadela "modelo" que vive felizmente/infelizmente há treze longos anos comigo, desde que a encontrei (ou ela me encontrou) na rua, mordiscando a barra da minha calça. Desde então eu a coloco em praticamente todas as paisagens rurais que pinto. E também já a retratei sozinha como ela merece em um grande painel que adorna a cabeceira da minha cama. Ela e eu somos como "unha e carne" e fico triste quando percebo que a nossa separação está próxima devido a avançada idade dela.
    Mas continuarei a retratando até nos últimos trabalhos da minha vida. Vida que segue.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  6. Olá Márcio. A Nina já está há 3 anos com a gente. Já é uma adulta, por assim dizer e já chegou na fase de cumprimentar com um abano de rabo e lamber pedindo carinho.
    Obrigado pela visita. Abraço!

    ResponderExcluir
  7. Cara, tu pintas muito, eu conheci suas obras através do galeria virtual de quadros.
    Eu também sou pintor, mas iniciante e um dia quero pintar como você.

    ResponderExcluir