domingo, 25 de maio de 2014

GIOVANNI MARZIANO

A maior virtude de um bom trabalho realista é que ele nos poupa a complexidade de discursos. Fala por si só e qualquer excesso de palavra é pura competição com o desperdício. Assim é o trabalho de Giovanni Marziano, faz com que nos recolhamos ao silêncio e nele possamos nos dar a oportunidade de fazer algo que muitos ainda não deram o devido valor: contemplar.
Antes de qualquer outra palavra, empreste um momento às imagens que se seguem e extraia delas tudo aquilo que possa conseguir:

GIOVANNI MARZIANO - Composição - Óleo sobre tela - 100 x 70

GIOVANNI MARZIANO - Praia - Óleo sobre tela

GIOVANNI MARZIANO - Ervas na escada - Óleo sobre tela - 100 x 70

GIOVANNI MARZIANO - Janela - Óleo sobre tela

Espero que tenha experimentado o mais nobre dos sentimentos que foi em mim primeiramente despertado: o de gratidão. Sou grato por ter tido a oportunidade de contemplar esses trabalhos. Um dia ainda o farei pessoalmente! Ver e sentir a força do trabalho de Marziano é comungar a democracia do saber que ele nos proporciona. Ele nos ensina no que faz e percebemos que há uma doação espontânea em nos compartilhar tudo aquilo que ele aprendeu. A cada trabalho dele que permito emprestar um minuto de observação, aprendo gratuita e eternamente.
Não é qualquer obra que nos chega como um imperativo de reflexão, mas todas as obras dele são naturalmente assim.

Sem mais palavras!

GIOVANNI MARZIANO - Arado - Óeo sobre tela - 40 x 80

GIOVANNI MARZIANO - Cebolas - Óleo sobre tela - 30 x 70

GIOVANNI MARZIANO - Pescados - Pastel - 30 x 40

GIOVANNI MARZIANO - Homenagem a Mattia Preti - Óleo sobre tela - 50 x 50

GIOVANNI MARZIANO - Plantas ao sol - Óleo sobre tela - 50 x 70

.........................................................................................................


Giovanni Marziano nasceu em
Catanzaro, Itália,em 1949.

PARA SABER MAIS:




6 comentários:

  1. É quase impossível ter um comentário dentro de um conteúdo tão espetacular, faltam palavras em certos momentos, principalmente quando nos vemos presos e libertos ao mesmo tempo!
    Espetacular!
    Um grande Domingo...
    Sucessos, meu Amigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma bela metáfora, Vidal. "Presos e libertos". Sentimo-nos aprisionar nas obras de Marziano e livres para experimentar o novo mundo que ela nos oferece.
      Grande abraço, amigo!

      Excluir
  2. Obras, perfeita! Em alguns momentos tenho a impressão que se trata de uma fotografia de tão perfeito. Parabéns pela matéria José Rosário ! Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado por mais uma vinda, Eliani.
      Um grande abraço!

      Excluir
  3. Zé!!!
    Este artista é incrível!
    Mas uma vez vc trazendo novidades (não tão novo) para nosso mundo!!!
    Obrigado meu amigo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Ernandes.
      Vale a pena acompanha-lo no Facebook. Tem postado novidades sempre!
      Grande abraço, amigo!

      Excluir